Palestra

Opção Segura e Inteligente de Planejamento Sucessório e Patrimonial

Opção Segura e Inteligente de Planejamento Sucessório e Patrimonial

Objetivo da palestra:

  • Propor reflexão sobre os aspectos emocionais/comportamentais e apresentar os mecanismos legais para o planejamento sucessório, gerando alternativas que busquem:
  • Propiciar a sucessão patrimonial ainda em vida;
  • Minimizar eventuais conflitos familiares;
  • Preservar o patrimônio constituído;
  • Reduzir os custos judiciais e tributários;
  • Estabelecer normas de governança jurídico-familiares.

Conteúdo:

1. INTRODUÇÃO SOBRE O PLANEJAMENTO SUCESSÓRIO E PATRIMONIAL 2. ASPECTOS EMOCIONAIS

  • Quando estamos preparados para falar sobre sucessão familiar?
  • Como funciona o núcleo familiar? Qual o papel de cada um dentro deste contexto?
  • Como pais e filhos veem a questão da continuidade e da responsabilidade sobre o que foi construído em vida?
  • Quais as crenças individuais e familiares sobre dinheiro e bens?
  • Em quais situações e estados emocionais as pessoas têm mais equilíbrio para tomar grandes decisões e planejar futuro?
  • Como se evitar conflitos futuros, compartilhando previamente desejos, análises, expectativas e/ou decisões?

3. ASPECTOS JURÍDICOS

  • Por que planejar a sucessão em vida? Qual o momento ideal para iniciar?
  • Diferença entre sucessão empresarial e patrimonial;
  • Quais as áreas do direito envolvidas?
  • Quais os mecanismos possíveis? Holding: pura ou mista; Administradora de bens imóveis próprios – Holding Patrimonial; Escritura Pública de doação; PGBL e VGBL (seguro de vida); Testamento.
  • Herdeiro gestor e herdeiro quotista/acionista;

A. Sucessão Familiar

a) Regime de bens – implicações no planejamento sucessório;

b) Parte legítima e disponível do patrimônio;

c) Filhos menores e emancipados;

d) Cláusulas restritivas: incomunicabilidade, impenhorabilidade, inalienabilidade e reversão.

B. Implicações societárias

a) Conceitos de holding (pura e mista);

b) Tipos societários: EIRELI, Sociedade Simples, Limitada, S/A;

c) Responsabilidade dos sócios e administradores;

d) Affectio Societatis – proteção contra ingresso de terceiros ao quadro societário; e) Integralização do capital social – Imóveis ou Participações Societárias.

C. Tributação : As implicações dos tributos na sucessão:

a) Incidência ou isenção do ITBI;

b) Doação das quotas: ITCMD;

c) Regime de tributação (Lucro Presumido)

d) Tributação diferenciada de locação na holding e na alienação de imóveis;

e) Distribuição de lucros aos sócios; f) Usufruto.

4. VANTAGENS - CONSTITUIÇÃO DE UMA HOLDING X INVENTÁRIO

a) Minimizar os conflitos familiares; b) Preservar o patrimônio constituído; c) Reduzir a carga tributária – ITCMD; d) Evitar-se as taxas judiciárias e a morosidade de um processo judicial.

Público-alvo:

Empresários, patriarcas/matriarcas, herdeiros, administradores, diretores, advogados, consultores, contabilistas, e demais pessoas interessadas em um planejamento sucessório e patrimonial.

Data, horário e local:

Data: 22 de agosto de 2017 (terça-feira)

Horário: 19h às 21h

Local: Sede da ACE-Guarulhos - Av. João Bernardo Medeiros, 278 - Bom Clima - Guarulhos/SP (Ao lado do Fácil).

Investimento e formas de pagamento:

  • Doação de uma peça de agasalho (em bom estado)

Como se inscrever:

Preencha o formulário eletrônico ao lado e aguarde o email de confirmação da realização da palestra.

Em razão do quórum mínimo necessário para a realização do curso, reservamo-nos o direito de reprogramar ou suspender.


  • Data: 22/08/2017 - 22/08/2017
  • Duração: Carga Horária: 2 Horas
  • Gratuito
Quero me inscrever
Adicionar no calendário 22/08/2017 19:00 22/08/2017 21:00 America/Sao_Paulo Opção Segura e Inteligente de Planejamento Sucessório e Patrimonial

Objetivo da palestra:

  • Propor reflexão sobre os aspectos emocionais/comportamentais e apresentar os mecanismos legais para o planejamento sucessório, gerando alternativas que busquem:
  • Propiciar a sucessão patrimonial ainda em vida;
  • Minimizar eventuais conflitos familiares;
  • Preservar o patrimônio constituído;
  • Reduzir os custos judiciais e tributários;
  • Estabelecer normas de governança jurídico-familiares.

Conteúdo:

1. INTRODUÇÃO SOBRE O PLANEJAMENTO SUCESSÓRIO E PATRIMONIAL 2. ASPECTOS EMOCIONAIS

  • Quando estamos preparados para falar sobre sucessão familiar?
  • Como funciona o núcleo familiar? Qual o papel de cada um dentro deste contexto?
  • Como pais e filhos veem a questão da continuidade e da responsabilidade sobre o que foi construído em vida?
  • Quais as crenças individuais e familiares sobre dinheiro e bens?
  • Em quais situações e estados emocionais as pessoas têm mais equilíbrio para tomar grandes decisões e planejar futuro?
  • Como se evitar conflitos futuros, compartilhando previamente desejos, análises, expectativas e/ou decisões?

3. ASPECTOS JURÍDICOS

  • Por que planejar a sucessão em vida? Qual o momento ideal para iniciar?
  • Diferença entre sucessão empresarial e patrimonial;
  • Quais as áreas do direito envolvidas?
  • Quais os mecanismos possíveis? Holding: pura ou mista; Administradora de bens imóveis próprios – Holding Patrimonial; Escritura Pública de doação; PGBL e VGBL (seguro de vida); Testamento.
  • Herdeiro gestor e herdeiro quotista/acionista;

A. Sucessão Familiar

a) Regime de bens – implicações no planejamento sucessório;

b) Parte legítima e disponível do patrimônio;

c) Filhos menores e emancipados;

d) Cláusulas restritivas: incomunicabilidade, impenhorabilidade, inalienabilidade e reversão.

B. Implicações societárias

a) Conceitos de holding (pura e mista);

b) Tipos societários: EIRELI, Sociedade Simples, Limitada, S/A;

c) Responsabilidade dos sócios e administradores;

d) Affectio Societatis – proteção contra ingresso de terceiros ao quadro societário; e) Integralização do capital social – Imóveis ou Participações Societárias.

C. Tributação : As implicações dos tributos na sucessão:

a) Incidência ou isenção do ITBI;

b) Doação das quotas: ITCMD;

c) Regime de tributação (Lucro Presumido)

d) Tributação diferenciada de locação na holding e na alienação de imóveis;

e) Distribuição de lucros aos sócios; f) Usufruto.

4. VANTAGENS - CONSTITUIÇÃO DE UMA HOLDING X INVENTÁRIO

a) Minimizar os conflitos familiares; b) Preservar o patrimônio constituído; c) Reduzir a carga tributária – ITCMD; d) Evitar-se as taxas judiciárias e a morosidade de um processo judicial.

Público-alvo:

Empresários, patriarcas/matriarcas, herdeiros, administradores, diretores, advogados, consultores, contabilistas, e demais pessoas interessadas em um planejamento sucessório e patrimonial.

Data, horário e local:

Data: 22 de agosto de 2017 (terça-feira)

Horário: 19h às 21h

Local: Sede da ACE-Guarulhos - Av. João Bernardo Medeiros, 278 - Bom Clima - Guarulhos/SP (Ao lado do Fácil).

Investimento e formas de pagamento:

  • Doação de uma peça de agasalho (em bom estado)

Como se inscrever:

Preencha o formulário eletrônico ao lado e aguarde o email de confirmação da realização da palestra.

Em razão do quórum mínimo necessário para a realização do curso, reservamo-nos o direito de reprogramar ou suspender.

Avenida João Bernardo Medeiros, 278 Bom Clima - Guarulhos/SP DD/MM/YYYY aGglnaMSqzChuOsZxmon22843