Artigos

Qual é a importância da nota fiscal para a empresa?

Importância da nota fiscal
Guarulhos, 05 de janeiro de 2018

Para o empreendedor é imprescindível saber mais sobre a nota fiscal. Por mais burocrático e chato que este documento possa parecer, ele tem uma função muito importante tanto para o cliente quanto para o vendedor. Para os estabelecimentos e negócios a emissão das notas fiscais são muito importantes para garantir a idoneidade do negócio e também preservar os direitos dos clientes.

Neste post vamos explicar para que serve a nota fiscal e qual a importância dela para a empresa. No mercado existem vários tipos de notas, mas neste texto você entenderá mais sobre a Nota Fiscal Eletrônica (NFe) e a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFCe).

Por que a nota fiscal é importante?

A nota fiscal é um documento gerado sempre que a empresa vende algum produto ou realiza algum tipo de serviço ao consumidor. A emissão da nota funciona como uma espécie de atestado legal que comprova a ocorrência de uma negociação em nome da organização. É ela a responsável por comprovar que a empresa emissora está pagando suas tributações corretamente e está em dia com as leis do país.

Para o cliente, a nota funciona como um atestado de que a compra ou serviço foi realizada naquele estabelecimento, que o valor foi devidamente pago e, caso ocorra algum problema, o documento dará o respaldo necessário para troca ou ressarcimento.

Além desses pontos, a emissão de nota fiscal é OBRIGATÓRIA e pode ajudar a empresa a gerenciar a contabilidade e organizar processos internos. Ela auxilia em diversos fatores como:

  • Ajuda a contabilizar o faturamento real da empresa, oferecendo mais segurança para ações como planejamento e projeções financeiras;
  • Auxilia na verificação da disponibilidade de crédito no caso de fornecedores;
  • Facilita na exigência de histórico contábil, normalmente realizada por fornecedores e consumidores;
  • E, para os bancos, ela oferece informações fiscais para abertura e captação de recursos.

Quer saber mais sobre a NFCe e NFe?

Como dissemos anteriormente, existem diversos tipos de notas fiscais, mas vamos explicar aqui os dois tipos mais utilizados pelo comércio, varejo e pelos prestadores de serviços.

  • NFCe: Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica, esta nota é a substituta dos cupons fiscais emitidos por ECF (Emissor de Cupom Fiscal). É ela que é emitida em todas as operações realizadas diretamente com o consumidor final, como as compras feitas no varejo.
  • NFe: A Nota Fiscal Eletrônica é a substituta da NF comum e é emitida com o objetivo de registrar todas as operações que envolvem mercadorias, normalmente realizadas entre pessoas jurídicas. Ela também pode ser usada para registrar processos de compra e venda, devoluções, transferências e outras operações do gênero.

Vale destacar que é considerado crime a não emissão das notas fiscais por parte das empresas. A chamada sonegação fiscal é passível de punição, que pode variar de 2 a 5 anos de reclusão, além de gerar uma multa bem onerosa para o estabelecimento.

Agora que você já sabe mais sobre a NFCe e NFe, não deixe de colocar em dia a organização fiscal da sua empresa. Acesse nosso blog e confira outros posts úteis para o seu negócio!